2015





Reforma e Revolução: Novo Código Civil e Comercial na Argentina



O mundo jurídico da América Latina está em ebulição, e a Argentina está liderando o caminho com uma reforma legislativa que impactará profundamente sua sociedade e economia. Em setembro de 2014, o país adotou um novo Código Civil e Comercial, marcando um momento de mudança sísmica na forma como os contratos e relacionamentos comerciais são regulamentados.



Uma Mudança de Paradigma



Com o advento da Lei Nº 26.994, que entrará em vigor em 1º de janeiro de 2016, a Argentina está lançando luz sobre os contratos de venda intermediários, como os de franquia, agência e concessão. Esses contratos, muitas vezes de longo prazo e envolvendo grandes volumes de vendas e investimentos, agora serão submetidos a regulamentações específicas.



Proteção e Regulamentação Aprimoradas



O novo código estabelece claramente que um agente, que atua em nome de terceiros, tem direito a exclusividade em áreas de negócios, geográficas ou com relação a pessoas especificadas no contrato. Além disso, a distinção entre o agente e o produtor é definida de forma mais precisa, eliminando ambiguidades e estabelecendo bases sólidas para a relação contratual.



A Importância da Notificação Prévia



Uma das mudanças mais notáveis é a exigência de notificação prévia em caso de rescisão do contrato de agência. A lei estipula que o período de notificação deve ser de um mês para cada ano de existência do contrato. A ausência de aviso prévio de rescisão implica a obrigação de pagar uma compensação ao agente, incluindo os lucros que o agente poderia ter obtido durante o período de notificação.



A Argentina está trilhando um novo caminho na regulamentação de contratos comerciais, elevando a proteção dos agentes e estabelecendo diretrizes mais claras. Essa reforma é um exemplo inspirador de como o direito pode se adaptar às complexidades das relações comerciais modernas. Este é um momento emocionante para aqueles que acompanham de perto o desenvolvimento jurídico da América Latina e do Caribe. Explore mais sobre essa revolução legal na no artigo abaixo, e mergulhe nas implicações dessa reforma que está mudando o cenário legal argentino.